Unificação fortalece movimento sindical PDF Imprimir E-mail
Notícias - Vida de Trabalhador
Qui, 17 de Abril de 2014 09:25

Centenas de trabalhadores e dirigentes sindicais dos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul participaram, de 13 a 15 de abril, em Farroupilha (RS), do 8° Fórum Sindical Sul, que reúne Sindicatos dos Trabalhadores de Fiação, Vestuário, Couro e Calçado, representando aproximadamente meio milhão de trabalhadores e trabalhadoras. Na pauta, assuntos importantes e de interesse desse enorme contingente produtivo que busca, entre outras lutas, a unificação da data-base como forma de fortalecer as lutas e conquistar avanços significativos para um número cada vez maior de trabalhadores.

O STIV participou do Fórum com as presenças do presidente Gildo Antônio Alves e a vice, Rosane Sasse. O Sindicato entende a importância da participação ao Fórum no fortalecimento das campanhas salariais e no enfrentamento de problemas comuns aos trabalhadores das categorias que integram o Fórum. Atualmente, existe um excesso de acordos coletivos negociados durante o ano, o que desgasta a luta. Sem a unificação ocorre a divisão dos trabalhadores em suas distintas categorias, que passam a lutar de forma isolada, o que não é bom para a classe trabalhadora.


A primeira edição do Fórum Sindical Sul aconteceu em 2007, em Meia Praia, Itapema, sede da Fetiesc e desde então tem ocorrido anualmente, sempre em uma cidade alternada. No ano passado, o Fórum aconteceu em Campo Grande (MS), pela primeira vez, já que esse foi o último Estado a integrar o Fórum Sindical Sul. Quanto mais gente para a luta, maiores as chances de sucesso!


 
Assembleia Geral aprovou a pauta de reivindicações PDF Imprimir E-mail
Notícias - Notícias
Seg, 07 de Abril de 2014 11:49


Reajuste salarial de 9% e salário normativo de R$ 1.300,00 são as principais reivindicações econômicas da pauta aprovada durante a Assembleia Geral dos trabalhadores do Vestuário, realizada na manhã do dia 5, na sede do Sindicato. Até o momento, restando ainda a apuração dos meses de março e abril de 2014, a variação da inflação/INPC divulgada pelo governo está em 4,14%. "Que o trabalhador tenha mais condição de trabalho e melhor salário, essa é a nossa luta", reforçou o presidente do STIV, Gildo Antônio Alves, lembrando que pela primeira vez está acrescido no rol de reivindicações dos vestuaristas um conjunto de cláusulas presentes nas convenções coletivas de trabalho das demais categorias de trabalhadores, na microrregião. "Queremos negociar os mesmos direitos já conquistados por trabalhadores de outras categorias", reforça Gildo.


O secretário geral do STIV, José Pedro Soares, leu as principais reivindicações da categoria, além das cláusulas econômicas, como auxílio-creche, férias, combate ao assédio moral e sexual no trabalho, remuneração de 50% sobre as horas extras praticadas em dias normais e de 120% em sábados compensados por acordos coletivos, domingos e feriados, e a aceitação de atestados médicos. Em relação a este assunto, o assessor jurídico do Sindicato, advogado Cláudio Selhorst, citou a Lei utilizada pelos patrões para dar prioridade aos atestados emitidos por médicos das empresas, "que é de 1949", e lembrou que "o STIV tem denunciado esta situação ao Ministério Público do Trabalho".


Uma comissão formada por dirigentes do STIV e mais 15 trabalhadores de fábrica, que se inscreveram voluntariamente ao final da Assembleia, deve negociar a pauta de reivindicações com o sindicato patronal. Data-base da categoria é em 1º de maio.

 
Aumento real de salário para os trabalhadores vestuaristas PDF Imprimir E-mail
Notícias - Vida de Trabalhador
Qua, 02 de Abril de 2014 08:50

A Campanha Salarial 2014 dos vestuaristas de Jaraguá do Sul e Região – exceto Massaranduba será deflagrada com a Assembleia Geral que acontece neste sábado, dia 5 de abril, na sede do Sindicato, a partir das 9 horas da manhã.

Todos os trabalhadores e trabalhadoras da categoria estão convocados a participar. Trata-se da oportunidade de discutir com os companheiros de trabalho e com a diretoria do Sindicato a pauta de reivindicações que será entregue à classe patronal.

A participação e o envolvimento de todos são aspectos importantes na luta por melhores salários e condições dignas de trabalho. A data-base da nossa categoria é em 1° de maio e as principais reivindicações são aumento real de salário e avanços nas cláusulas sociais.

Sabemos que os trabalhadores e trabalhadoras do Vestuário são qualificados, trabalham bem, mas, infelizmente, estão ganhando pouco. Os pedidos de demissão por causa dos baixos salários aumentam a cada ano e o patrão não se dá conta que está perdendo mão de obra. Precisamos mudar essa realidade e para isso contamos com a união, a participação e o envolvimento de toda a categoria nessa luta. Estamos dando início à Campanha Salarial deste ano e a nossa meta é ampliar nossas conquistas com aumento real de salário e melhorias nas cláusulas sociais.

Também gostaríamos que fossem atendidas reivindicações antigas dos vestuaristas, como licença maternidade de seis meses, aceitação de atestado médico assinado por profissional que não seja
necessariamente da empresa e que o reajuste de salário ultrapasse a inflação.

A nossa categoria está sendo gradativamente desvalorizada pela classe patronal, que, apesar da economia estável e dos altos lucros, continua negando aos trabalhadores mais justiça na hora de rever os salários. A busca pelo trabalho decente é uma luta de toda a classe trabalhadora e do movimento sindical.

Vamos lutar pelos nossos direitos. Quando existe união e esperança, as chances de vencer são maiores. Ao final da Assembleia a diretoria do Sindicato fará sorteio de brindes entre os presentes. Participe!

 
Aumento real de salário PDF Imprimir E-mail
Notícias - Notícias
Ter, 01 de Abril de 2014 09:14

As trabalhadoras e os trabalhadores do Vestuário são qualificados, trabalham bem, mas, infelizmente, estão ganhando pouco. Os pedidos de demissão por causa dos baixos salários aumentam a cada ano e o patrão não se dá conta que está perdendo mão de obra.

Precisamos mudar essa realidade e para isso dependemos da união, da participação e do envolvimento de toda a categoria. Estamos dando início à Campanha Salarial deste ano e a meta é ampliar nossas conquistas com aumento real de salário e melhorias nas cláusulas sociais. Temos que lutar para que sejam atendidas reivindicações antigas dos vestuaristas, como licença maternidade de seis meses, aceitação de atestado médico assinado por profissional que não seja necessariamente da empresa, entre outras cláusulas.

A nossa categoria está sendo gradativamente desvalorizada pela classe patronal, que, apesar da economia estável e dos lucros certos, continua negando às trabalhadoras e trabalhadores mais justiça na hora de rever os salários. A busca pelo trabalho decente é uma luta de toda a classe trabalhadora e do movimento sindical. Vamos lutar pelos nossos direitos. Se existe união, a esperança e as chances de vencer são maiores.


Gildo Antônio Alves, Presidente do STIV.

 
Atenção, vestuarista, compareça: Assembleia Geral dia 5 de abril PDF Imprimir E-mail
Notícias - Notícias
Seg, 31 de Março de 2014 09:47

Os vestuaristas de Jaraguá do Sul e Região, sindicalizados ou não, estão convocados a participarem da Assembleia Geral da Campanha Salarial que acontece dia 5 de abril, sábado, 9 horas, na sede do Sindicato (Francisco Fischer, 60). “Vamos reunir as trabalhadoras e trabalhadores para, juntos, definirmos a nossa pauta de reivindicações deste ano”, conclama o presidente do Sindicato, Gildo Alves. A participação e o envolvimento dos trabalhadores são pontos importantes na luta por melhores salários e condições dignas de trabalho. A data-base da categoria é 1° de maio e as principais reivindicações são por aumento real de salário e melhorias nas cláusulas sociais. Ao final da Assembleia haverá sorteio de brindes.

 
«InícioAnterior12345678910PróximoFim»

Página 1 de 20
Joomla templates, personal hosting.